ajax-loader-2
Pavnext | O QUE FAZEMOS
11943
page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-11943,mikado-core-2.0.2,ajax_fade,page_not_loaded,,mkd-child-theme-ver-1.0.0,mkd-theme-ver-2.0.2,side_menu_slide_from_right,wpb-js-composer js-comp-ver-6.0.5,vc_responsive

O QUE FAZEMOS

PAVNEXT

ÂMBITO

A PAVNEXT  TEM COMO PRINCIPAL OBJETIVO DESENVOLVER SOLUÇÕES INOVADORAS (PRODUTOS E SERVIÇOS) QUE CONTRIBUAM PARA A MELHORIA DA SAÚDE HUMANA E QUALIDADE AMBIENTAL.

PRIMEIRO PROJETO PAVNEXT

NEXT-ROAD

O QUE É O NEXT-ROAD?

O NEXT-road é um dispositivo para implementar na superfície do pavimento rodoviário, que tem a capacidade de captar energia cinética dos veículos e convertê-la em energia elétrica. Neste processo de captação de energia, permite reduzir a velocidade dos veículos automaticamente, sem afetar o conforto dos ocupantes do veículo. A energia elétrica produzida é armazenada fora do pavimento e pode ser utilizada em várias aplicações elétricas no local, ou ser injetada na rede elétrica. Além disso, o produto NEXT-road monitoriza o tráfego rodoviário, incluindo o número de veículos, peso e velocidade.

COMO FUNCIONA

Os produtos NEXT-road têm uma superfície (camada superior) feita a partir da borracha de pneus reciclados, que se desloca com um movimento linear (no eixo vertical) quando os veículos se movem sobre esta. Devido ao seu design específico, este movimento não afeta a condução do veículo nem o conforto dos seus ocupantes. A partir do movimento da superfície do sistema, a tecnologia que desenvolvemos e que está por baixo desta consegue captar a energia da roda do veículo, tendo depois a capacidade de converter esta em energia elétrica. Durante este processo de recolha e conversão de energia, o nosso sistema monitoriza a energia produzida, o peso e a velocidade do veículo, enviando a energia e dados gerados para uma power box, fora do pavimento.

COMO É INSTALADO

O método de instalação do sistema foi projetado para ser simples e rápido. Removemos a camada superior do pavimento existente, preparamos a base do pavimento e implementamos o dispositivo NEXT-road, tornando-se a nova camada superior do pavimento. Instalamos uma caixa de energia fora do pavimento que está ligada aos dispositivos NEXT-road, recebendo e armazenando a energia e os dados produzidos.

REDUÇÃO DE VELOCIDADE

Numa aplicação de 20 metros de comprimento, a velocidade de um veículo ligeiro é reduzida em cerca de 40%, sem considerar uma desaceleração do condutor ou uma travagem. Isto significa que um veículo que circula a 50 km/h reduz a sua velocidade para 30 km/h quando se desloca sobre o nosso sistema, ao longo de 20 metros, automaticamente, sem depender da ação do condutor.

IMPACTO E RUÍDO

O produto NEXT-road foi projetado e testado para garantir que não provoca impacto nos veículos (ao contrário das lombas redutoras de velocidade), para que não afete a qualidade de condução dos condutores nem o conforto dos ocupantes do veículo.

 

Da mesma forma, este sistema não gera ruído, de modo a que as pessoas que moram perto do local de aplicação não sofram com a poluição sonora sempre que um veículo passe.

GERAÇÃO DE ENERGIA

Cada veículo ligeiro é capaz de produzir até 10 Wh ao passar sobre uma aplicação de 20 metros NEXT-road, dependendo da sua velocidade. Isto significa que num local com apenas 1.000 veículos por dia, a nossa solução pode produzir 10 kWh por dia, o que equivale a 3,65 MWh por ano.

O QUE PODE ALIMENTAR

Com a energia produzida e armazenada, podemos alimentar dispositivos elétricos no local (aplicações de segurança rodoviária, sinais de trânsito, radares de velocidade, entre outros), inclusive podemos alimentar a iluminação de estradas e de passadeiras.

 

A energia produzida pode também ser utilizada para alimentar a mobilidade elétrica ou para ser injetada na rede.

ESTADO DE DESENVOLVIMENTO

Consideramos que o nosso estado atual de desenvolvimento é o TRL 6, uma vez que temos um sistema totalmente funcional, com a superfície, os componentes mecânicos e o sistema de produção de energia elétrica demonstrados em ambiente operacional/relevante.

 

As próximas etapas do desenvolvimento consistem principalmente na demonstração do sistema em ambiente operacional/real (TRL 7), confirmando o funcionamento de todo o sistema quando sujeito a condições de tráfego reais.